Investigação Paranormal Brasil: Ruínas do hospital que teve Hitler como paciente

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Ruínas do hospital que teve Hitler como paciente

                                

Na postagem de hoje, que foi uma dica do nosso amigo Elson Antonio Gomes, vamos conferir algumas imagens registradas nas ruínas do hospital Beelitz-Heilstätten, em Berlim (Alemanha). Em 1916 esse hospital teve como paciente um jovem ferido durante os combates da Primeira Guerra Mundial, mas que marcaria seu nome na história graças a Segunda Guerra Mundial. Seu nome era Adolf Hitler.


O monstro foi salvo nesse hospital

Uma semana depois do início da 1ª guerra mundial, Hitler apresentou-se como voluntário ao exército alemão, depois de ter sido rejeitado pelo exército austríaco, sendo designado a um regimento bávaro.


Com apenas três meses de treinamento, ele foi enviado à Frente Ocidental. Hitler serviu na França e na Bélgica como mensageiro da Primeira Companhia do 16º Regimento de Infantaria de Reserva Bávaro, atuando na linha de força inimiga. Ele participou também da Primeira Batalha de Ypres, na qual sua unidade foi dizimada em quatro dias. Ao fim do conflito, de 3.500 soldados, sobraram somente 600 para seguir em combate, Hilter era um deles.


Em outubro de 1916, no norte da França, Hitler foi ferido na perna, e assim retornou para a Alemanha para receber tratamento. Em março de 1917 ele voltou a frente de batalha, quando foi promovido à patente de cabo. Ele só não recebeu uma promoção maior porque consideraram que lhe faltava liderança. Hitler foi condecorado duas vezes: recebeu a Cruz de Ferro de Segunda Classe em 1914 e a Cruz de Ferro de Primeira Classe em 1918.

É difícil não se perguntar como seria o mundo hoje se o hospital Beelitz-Heilstätten, cujas ruínas ainda seguem em pé em Berlim, nunca tivesse curado Hitler em 1916 durante a 1ª Guerra Mundial. Todos sabemos como a 2ª guerra mundial influenciou o mundo nas décadas seguintes ao conflito, e parece estimulante imaginar se tal conflito teria mesmo acontecido se Hitler tivesse morrido vítima de seus ferimentos adquiridos durante os combates da 1ª guerra mundial.


Em Beelitz-Heilstätten também foram tratados soldados nazistas feridos durante a 2ª Guerra Mundial e, a partir de 1945 e até a queda do Muro de Berlim, os militares soviéticos.

O hospital foi construído em 1898 como um sanatório para doentes de tuberculoses e uma pequena parte do enorme complexo ainda segue em uso para reabilitação neurológica, segundo o Atlas Obscura.


Salvo essa parte, o resto está abandonado, sendo que o hospital se tornou um dos lugares preferidos dos praticantes de urbex no velho continente e ocasionalmente organizam visitas organizadas; seus ruinosas salas de cirurgia e psiquiatria converteram-no em um dos lugares mais assustadores da Terra, segundo a revista Traveler. Você pode comprovar quão arrepiante que é em nas seguintes fotografias:















Fontes: MDig e History - Fotos: Matt Biddulph/Flickr


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...