Publicidade

Banner 725x90 Telefonia

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Policiais americanos ouvem voz misteriosa pedindo por ajuda em acidente


Você acredita em sobrenatural? Essa história que você vai ler agora parece com aquelas lendas urbanas que costumamos ouvir ou com aqueles contos do além que alguém nos diz, mas ela realmente aconteceu. E chega a ser tão espantosa que é realmente difícil crer. Se você é cético com relação a essas coisas, vai tentar achar uma resposta científica para isso.
No dia 8 de março de 2015, o serviço de emergência de Utah (EUA) recebeu uma ligação solicitando ajuda para um acidente no Rio Spanish Fork. Quatro policiais foram enviados ao local e, quando chegaram ao lugar indicado, uma voz feminina adulta, vinda da direção do carro, gritava por socorro. Eles correram até lá e se espantaram com o que viram.
Uma menina de aproximadamente um ano e meio foi encontrada inconsciente na cadeirinha de bebê no banco traseiro. Ela estava de cabeça para baixo e um pouco acima do nível do rio. A criança parecia estar ali por aproximadamente 12 horas e, apesar de tudo, ainda estava viva. A mãe estava no banco do motorista e, segundo os peritos, ela morreu na hora.

Como explicar o telefonema?

Os vizinhos foram interrogados e afirmaram ter ouvido um barulho no momento do acidente, mas como já era tarde (era noite de sábado), não chamaram a polícia. Um pescador foi quem encontrou o veículo capotado na manhã de domingo e solicitou ajuda. O homem garante que não havia nenhuma mulher viva no local do acidente desde então.
Nesse caso, o que poderia ser? O espírito da mulher pedindo que salvasse sua filha? Um anjo da guarda? Nunca se sabe. Porém, os policiais continuam intrigados sobre todo esse acontecido. Eles garantem que ouviram a voz da mulher e não se parecia com uma voz infantil. Era, sem dúvida alguma, uma pessoa adulta.
"Um mistério surgiu a partir desse resgate", disse o agente Jared Warner à CNN. "Nós quatro ouvimos uma voz distinta vinda do carro. A mãe estava morta e a criança estava inconsciente. É uma daquelas coisas que não tem explicação". Mas será mesmo que a ciência não pode explicar esses acontecimentos um tanto quanto macabros?

Sim, a ciência pode explicar

Cientistas têm uma explicação para esse fenômeno. Algumas pessoas podem ouvir vozes e barulhos ilusórios através de um processo psicológico chamado apofenia. Os indivíduos que passam por isso acabam "ouvindo" sons onde não tem. Eles acabam relacionando a situação vivida com algo urgente que pode acontecer por lá.
Quer alguns exemplos práticos? Muitos de nós já ouvimos a campainha — ou telefone — tocando enquanto estávamos no banho e, na verdade, não havia nenhuma chamada. Ou então alguém chamando nosso nome mesmo que a casa esteja vazia. Isso acontece por causa da apofenia, e esse fenômeno não é tão raro assim.
Em junho de 2012, funcionários de um navio de carga disseram ter ouvido um barulho vindo de um dos contêineres. Isso foi relatado por várias pessoas presentes ali. A embarcação passou por uma rigorosa revista atrás de passageiros clandestinos e nada foi encontrado. Ou seja, a apofenia também pode acontecer com um grupo de indivíduos.

E então? Científico ou sobrenatural?

Ninguém está sugerindo que os policiais mentiram sobre as vozes — até porque eles não teriam motivos para fazer isso —, mas vários processos podem ter influenciado para que a voz misteriosa tenha aparecido. Diversos fatores psicológicos foram levados em consideração e tudo ainda está sendo estudado. Porém, nada foi concluído até agora.
Como nada disso foi registrado, não há nenhum jeito de saber ao certo o que aconteceu. O incidente só foi comentado dias depois do resgate. Um dos homens relatou o fato e os outros também deram a sua versão. Segundo psicólogos, uma memória puxa a outra, forçando as lembranças dos indivíduos sobre determinados fatos.
Se cada um dos policiais tivesse relatado a voz de socorro em seus relatórios oficiais do acidente, tudo seria mais fácil de ser solucionado — e esse é um fato importante que não deve ser omitido —, mas esse fato só foi colocado à tona depois que os homens compartilharam as suas experiências, não tendo nenhuma referência com relação a isso.

Sob o ponto de vista dos anjos

"O relato de fenômenos misteriosos que ajudam vítimas de acidente de carro ou visões de supostos anjos da guarda são histórias culturais muito comuns", disse Sharon Hill, editora do site News, que analisa notícias de fatos inexplicáveis. "Esses tipos de floreios são resultados de interpretações da história de uma forma reconfortante".
Ela ainda complementa: "É bom para nós pensarmos que milagres acontecem. A gente interpreta esses eventos de acordo com nossas crenças, mas muitas vezes não é aquilo que realmente aconteceu, mas sim a forma como gostaríamos de lembrar a situação estressante, de uma forma mais amena e sem traumas".

Outras informações sobre o acidente

A mulher que dirigia o carro tinha 25 anos e se chamava Lynn Jennifer Groesbeck. Ela era casada e sua filha de 18 meses se chamava Lily. A criança recebeu o apelido de "bebê milagroso" e tem recebido a atenção da mídia americana desde que o acidente aconteceu. Ela foi internada em estado grave, mas recebeu alta no dia 12 de março.
A polícia encontrou alguns tipos de entorpecentes dentro do veículo (maconha e medicamentos controlados). Especialistas fizeram alguns exames toxicológicos em Lynn, mas os resultados ainda não foram concluídos e, por causa disso, até então não é possível saber se ela estava dirigindo sob o efeito de drogas.
FONTE(S) 
IMAGENS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...